sábado, 17 de julho de 2010

Desejo

“...te vejo ali, parada, me olhando só... não há palavras, nem medos, nem lágrimas... há apenas um olhar profundo e um toque suave como se fosse o toque mais importante deste mundo... te olho e te fixo a alma... te possuo mesmo antes de te tocar, de te amar, até mesmo antes de te olhar... é tudo muito mais forte do que o meu querer... olhar-te bem dentro mesmo sem te ver... sentir-te só de te desejar, ali, parada numa pose linda, somente a me olhar... fixo tua boca e te sorvo completa... te abraço sem te abraçar... te afago sem afagar... te penetro sem te penetrar... está tudo ali, em ti, a meu lado... basta te desejar... e meus olhos já te possuíram... e teus olhos já me abraçaram... e teus olhos já me sentiram... ali, sem questionar, me estendes a mão... vejo teu corpo a arfar.... e sentes minhas garras te tocar... e teu corpo em minha alma se entregar... tudo tão simples: apenas o desejo de te desejar...”

3 comentários:

maré disse...

de volta a casa
como que regressa aos abismos do coração.

solto os cabelos longos que trazem recados de ternura que deposito sobre as palavras

__

beijos

Rosário disse...

"E é em gozos perdidos na imensidão do mar que viajamos por dentro de nós..." Bjos

brisa disse...

Lindo e intenso,parabéns !Beijinhos!